Momentos Poéticos

Momentos Poéticos

domingo, 15 de agosto de 2010



O HOMEM

Ser falante,inteligente, itinerante...
Sem o dom de parar.
Racha, a lenha nas brenhas...
E de suas resenhas,
Faz asas, pois precisa voar.

Altera...
A nossa esfera,
Pois da primavera é ruga,
Quando o verde enxuga,
Com suas invenções.
Quem sabe...
Um dia não acabe,
Em seu próprio sabre!
É só o que nos cabe...
Por fugirmos das nossas missões.
ALQUE
gravura (google imagem)

Um comentário:

jefhcardoso disse...

A vida é simples, porém viver é complicado, pois um dia a busca chega ao fim e assim somos plantados, porém não brotamos.
Jefhcardoso do
http://jefhcardoso.blogspot.com