Momentos Poéticos

Momentos Poéticos

sábado, 28 de maio de 2011


CANTAR É O REMÉDIO

Se um dia eu não puder cantar,
Sei que meu peito vai chorar,
E vai sangrar meu coração.
Pois cantar pra mim é como o mar,
Com sua areia pra abraçar,
Se lhe faltar, tudo mais é escuridão.

Mesmo quando há dias incertos,
E a guerra tenta chegar perto,
Mas não pode se aproximar,
Pois entre nós dois, há um deserto,
Invisível a olhos abertos,
Feito do cheiro, desse meu cantar.

Guerra pra mim, só de amor!
Fogo e calor, só dos corpos a se abraçar.
E nos olhos de cada criança, quero esperança...
Pra que o mundo, ainda possa sonhar.

ALQUE

Gravura (Google imagem)

2 comentários:

blog. da Tereza Maria disse...

Olá
quero participar dessa alegria do abraço, do amor, do sim pela paz!
Parabéns pelo blog, belas postagens.
Beijos na alma
Saudações Poéticas!

Meus devaneios poeticos disse...

Quero agradecer pelo carinho de ter visitado meu blog e me seguir ...amei...to curiosa em saber quem são vocês... parabéns amei as belas postagens...bj