Momentos Poéticos

Momentos Poéticos

sábado, 18 de junho de 2011

AO SENHOR ZECA MUNIZ



A COLHEITA

Passarinho que sonhou com o mar...
Saiu pra voar e nele se perdeu...
Só quis o amor, mas não o pintou,
Por não ter lápis de cor,
E ninguém o entendeu.

Pássaros são assim!
Pois vivem voando...
Estão dentro de si,
Sempre, partindo e ficando....

Seu voo foi longo,
Em escombros e breus...
E teve alguns tombos,
Mas, um dia arrefeceu...
E hoje, em céu de brigadeiro,
Planeja o voo derradeiro...
Por já está junto dos seus.

E eu te digo, velho passarinho:
Segue teu destino!
Que os teus meninos,
Saberão cuidar do ninho.

ALQUE

2 comentários:

blog. da Tereza Maria disse...

Olá
Que homenagem linda!
A vida apenas se recria, ele continuará voando e cantando.
Belo blog.
Beijo na alma
Saudações Poéticas!

Meus devaneios poeticos disse...

Amei... o voo continua...os pássaros fazem suas revoadas e retornam ao ninho...numa dessas revoadas o "velho passarinho segue seu destino"!deixando seus filhotes cuidando do ninho...muito boa sua imaginação...amei...
bj no coração