Momentos Poéticos

Momentos Poéticos

domingo, 30 de dezembro de 2012

Luzes Externas...



Mais um ano está terminando, e como em todos os outros, nada mudou. E não mudou porque as consciências são as mesmas, com seus eternos interesses sempre à frente, barrando qualquer mudança que traga algo de bom para o mundo coletivo.

As baboseiras se repetem. Enchem as ruas com enfeites coloridos que de nada servem, a não ser; vender, vender e vender!

O sentido da fraternidade é o que menos conta porque estamos cada dia mais frios, e precisando urgentemente, de um tratamento com muitas doses de humanização. Mas não será com essas luzes externas, que a humanidade irá melhorar, terá que vir de dentro de cada um de nós, que é onde está o brilho das grandes luzes.


Alque

Um comentário:

Pedra do Sertão disse...

Passando para desejar um 2013 bem diferente...além de paz, prosperidade e alegrias para nossos seguidores...meu desejo é que haja mais poesia para alegrar a vida!

Abraço do Pedra do Sertão