Momentos Poéticos

Momentos Poéticos

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

“OS FORA DA LEI “


Lá não há régua e nem compasso
Só muita entrega! E com prazer faço.
E o que navega no seu espaço...
Muitos! Muitos abraços.

Esse pensamento, eu sei é também de vocês!
Que em cada mão traz um coração...
E nos tornam os fora da lei.

ALQUE

3 comentários:

Dalinha Catunda disse...

Todo coração é indiciplinado,
todo coração é um fora da lei.
quantas vezes por causa dele
Minha liberdade eu reneguei.

Parabéns pelas fragrantes palavras que bordam seu poético jardim.
Um abraço,
Dalinha

EueAlque disse...

Amiga Dalinha, obrigado pelos comentários aos meus poemas. Esteja sempre a vontade para fazê-los e mais ainda para visitar o Blog do Abraço Literário e o Blog Euealque.

Abraços!

Rosa disse...

"Ah, se eu pudesse!"
Sempre podemos. Dar mais um passo na direção, estender a mão, mudar o rumo, recomeçar. A nossa vontade conduz o sonho e aponta o rumo e a nossa coragem é leme seguro.
parabéns, porque você é autor do "Ah! se eu pudesse" mas me inspirou o "Sempre podemos".
Vá em frente realizando as pequenas coisas de cada dia, pois a soma delas é que nos torna pessoas realizadas e já nos projetando para as próximas etapas. Cada dia é uma página do livro que estamos escrevendo na nossa caminhada evolutiva.
Sucesso!
bjs
mana véia, Rosa